Raks na Campus Mobile

Sempre que falamos em tecnologia e inovação pensamos em startups e seu poder de gerar mudanças na sociedade de forma muito rápida. Em vários casos essas empresas são lideradas por jovens, alguns ainda estudantes universitários em seu processo de aprendizado e formação.

Essa condição acadêmica pode, por vezes, colocar barreiras no desenvolvimento dessas tecnologias, visto que muitas pessoas não acreditam que estudantes podem realmente criar um produto inovador. A Raks acredita que eles podem criar e que realmente criam, afinal, temos diversas histórias de sucesso para provar isso, inclusive a nossa. Felizmente não estamos sozinhos nessa certeza de que estudantes vão mudar o mundo, pois programas como a Campus Mobile também focam nesse potencial.

A Campus Mobile é uma competição de aplicativos em que todos os participantes devem ser estudantes universitários ou recém formados. A Raks participou do programa em 2018, venceu a categoria Facilidades e teve a oportunidade de viver uma imersão no Vale do Silício como premiação. O relato completo dessa experiência está aqui.

Em 2019 o programa aumentou, possuindo 4 categorias: Smart Farms, Smart Cities, Educação e Diversidade, temas de grande impacto em nossa sociedade.

Eu tive o prazer de ser convidada para ser Embaixadora do programa, uma espécie de mentora para ajudar os grupos e suas soluções. Todos os projetos se encontraram em São Paulo para uma semana presencial, que ocorreu do dia 4 ao dia 8 de fevereiro. Eles receberam mentorias, assistiram algumas palestras e painéis e conseguiram desenvolver seus projetos.

Eu tive a honra de participar de um painel, junto com outros 2 embaixadores (Douglas Batista – Minha Leitura e Ronaldo Cohin – Jade Autism), para contar um pouco da nossa experiência no programa e de tudo aconteceu pós Campus Mobile para chegarmos onde estamos. Além disso, trabalhei com vários grupos, principalmente da categoria de Smart Farms, colaborando para aprimorar as soluções. Tenho certeza que iremos ouvir falar sobre cada um desses projetos.

Painel de Embaixadores. Da esquerda para a direita: Alexandre Martinazzo (mediador), Douglas Batista, Ronaldo Cohin e Fabiane Kuhn.

A Raks foi criada com uma base acadêmica e de pesquisa, sempre acreditando no poder do jovem, e ações como a Campus Mobile reforçam ainda mais o nosso pensamento em relação ao futuro da tecnologia.

Dentro da categoria de Smart Farms tivemos três projetos vencedores, que irão disputar a viagem de imersão, sendo eles:

SmartMilk IOT – Projeto que propõe uma sonda portátil capaz de analisar a qualidade do leite para o produtor. O objetivo é possibilitar uma maior democratização da tecnologia de ponta no meio rural.

Contato: italo.alvarenga@engenharia.ufjf.br, correa.gabriel@engenharia.ufjf.br

Arrent – O arrendamento de terras é o ato de alugar terras para agricultura e o objetivo da Arrent é conectar pessoas que possuem terras disponíveis com pessoas que queiram arrendar e também garantir segurança para ambas partes gerando um contrato de arrendamento.

Contato: contato@arrent.com.br

Plantar Mais –  O objetivo do aplicativo é ajudar pequenos agricultores no manejo correto de pesticidas e também fornecer informações sobre o descarte correto das embalagens dos defensivos agrícola.

Contato: vboliveira18@gmail.com

Desejo toda a sorte do mundo para os projetos finalistas de todas as categorias, assim como os demais participantes que não foram premiados, pois merecem todo o reconhecimento pelas tecnologias que estão criando.

A Campus Mobile é uma iniciativa do Instituto Net Claro Embratel em parceria com o LSI-Tec e a escola politécnica da USP.